Lourinhã: Capital dos Dinossauros

IMG_1517

A Lourinhã é conhecida como sendo a Capital dos Dinossauros.

Bem no centro da vila localiza-se o Museu da Lourinhã, cuja inauguração ocorreu em 1984. O espólio existente no Museu faz com que este seja considerado como uma referência a nível nacional quer a nível internacional.

O Museu da Lourinhã nasceu essencialmente da vontade de um dos membros, Horácio Mateus, com o intuito de salvaguardar e transmitir o património etnográfico e arqueológico do Concelho. Só mais tarde, e de forma cada vez mais expressiva, é que os dinossauros foram incorporados no museu.

A zona do Oeste, e em particular a área da Lourinhã, é muitíssimo rica em fósseis do Jurássico Superior, período que ocorreu há cerca de 150 milhões de anos.

Os visitantes do Museu da Lourinhã podem ver vestígios de sete espécies únicas de dinossauros como o Lourinhanosaurus antunesi ou o Miragaia longicollum, bem como outros répteis do mesozoico. Existem pegadas destes animais, algumas com a impressão da pele! Existem também os ovos mais antigos de dinossauros carnívoros do mundo, ainda com restos de embriões!

© GEAL - Francisco Costa (Miragaia)

O Museu já recebeu visitas de cientistas do mundo inteiro para visitar os fósseis. É de salientar o trabalho dos investigadores do GEAL que proporcionam a grande divulgação que a instituição tem, através de trabalhos em Portugal ou no estrangeiro, como em Angola ou Moçambique por exemplo, ou mais recentemente nos Estados-unidos ou na Gronelândia.

Anualmente o espaço recebe cerca de 25.000 visitantes. Neste ano de 2017 vão existir grandes novidades, dado que será iniciada a construção do Parque de Dinossauros da Lourinhã, um espaço onde a grande aposta será nos modelos em tamanhos reais de dinossauros. No fundo, permitirá ao visitante fazer uma incursão ao mundo dos dinossauros de uma forma divertida.

Pela qualidade do espólio e o apoio à produção científica, mas também pelo número previsto de modelos em tamanhos reais e a própria extensão do parque, trata-se de algo realmente singular que permitirá difundir o nome da Lourinhã um pouco por todo o mundo. Não só pelo público especializado, como já o era, mas agora também pelo grande público!

 

Fotos: Ana Luz, Francisco Costa (GEAL)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s