Caldas da Rainha acolhe mais de 600 candidatos aos ‘óscares’ do cartoon

cmb_20180226_172266

Mais de 600 candidaturas foram recebidas pelo júri do World Press Cartoon, que este ano volta a realizar-se nas Caldas da Rainha.

Os finalistas para os ‘óscares’ da caricatura e da crítica social já começaram a ser escolhidos e poderão ser vistos no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha de 2 de junho a 29 de julho.

 Entre os candidatos, cerca de uma dezena são de autores portugueses. Um deles a trabalhar em França.

cmb_20180226_172381

Após uma primeira análise aos trabalhos publicados em jornais e revistas de todo o mundo, já é possível perceber quais os temas e figuras mais visados. Como seria de esperar, os líderes das potências mundiais são os alvos preferenciais. Até porque Donald Trump, Vladimir Putin e Kim Jong-Un constituem um grupo bastante caricaturável.

 cmb_20180226_172250

“Quando há um mau ditador há bons cartoonistas”, comenta Saad Hajo, cartoonista de origem síria, exilado na Suécia, um dos quatro elementos do júri. Os restantes são Robert Rousso (França), Michael Kontouris (Grécia) e Rayma Suprani (Venezuela – exilada nos EUA).

cmb_20180226_172350

“É uma experiência que interessa a vários públicos, dos mais informados aos menos informados. É preciso que as pessoas estejam atentas ao mundo que as rodeia, com a promessa de que se irão divertir”, considera António Antunes, cartoonista português e organizador do WPC.

cmb_20180226_172341

Para o presidente do município caldense, Tinta Ferreira, este evento “reúne os mais reconhecidos caricaturistas do mundo”, afirmando a cidade “como a capital da caricatura” dada a reconhecida “histórica ligação ao humor e à caricatura de Rafael Bordalo Pinheiro”.

cmb_20180226_172273

Museu de Serra d´El-Rei D. Pedro I abre portas ao público com exposição “Pedro e Inês”

IMG_0724

O Museu de Serra d´El-Rei D. Pedro I é o mais recente espaço museológico do concelho de Peniche, inaugurado ontem (14 de fevereiro), num novo edifício ligado ao Fórum da Serra.

Reconhece-se como um museu de identidade e de comunidade que tem como especial enfoque as questões da História e Identidade deste vila medieval, que transparecem também no seu nome e logótipo.

IMG_0727

A exposição inaugural deste museu está subordinada ao tema “Pedro e Inês na História de Serra d´El-Rei”, na qual se focam os amores daquelas duas figuras incontornáveis da história portuguesa na sua relação com esta região oestina.

A divulgação desta história de amor e lágrimas encontra-se ao abrigo do protocolo firmado entre a Fundação Inês de Castro, o Município de Peniche e a Freguesia de Serra d´El-Rei, a 22 de setembro de 2017, através do qual se definiram as condições de organização e dinamização de projetos culturais versando a temática Inesiana no concelho de Peniche.

O Museu de Serra d´El-Rei D. Pedro I é um dos pólos da Rede Museológica do concelho de Peniche, sendo gerido e dinamizado ao abrigo de uma parceria existente entre a Junta de Freguesia de Serra d´El-Rei e o Município de Peniche.

IMG_0728

A história de Pedro e Inês está intimamente ligada aos concelhos de Peniche e Lourinhã, em particular às localidades de Moledo e Serra d´El-Rei. Aqui, Pedro e Inês terão vivido os anos mais calmos e felizes da sua vida, entre 1346 e 1352.

D. Inês de Castro terá vindo para Portugal como aia na comitiva da Infanta D. Constança, mulher de D. Pedro, em 1340. Este ter-se-á então enamorado pela beleza de Inês.

IMG_0725

O Museu de Serra d´El-Rei D. Pedro I, integrado na Rede Museológica do concelho de Peniche, está aberto ao público de 3.ª feira a domingo, entre as 10h00/13h00 – 14h00/17h00. Poderá ainda entrar em contacto através do telefone 262 909 120 ou através do site http://www.if-serradelrei.pt / facebook – Freguesia de Serra d´El Rei.

IMG_0726

 

 

Dino Parque Lourinhã, já inaugurado, abre ao público!

20180111_103209

O Dino Parque Lourinhã, que abre as suas portas hoje (9 de fevereiro), é o maior Museu ao ar livre de Portugal e um dos maiores parques de dinossauros da Europa.

O investimento aplicado para o desenvolvimento do espaço foi de 3,5 milhões de euros. O Parque está inserido numa área de 10 hectares.

Os visitantes, ao longo de quatro percursos relativos a quatro diferentes épocas da História da Terra (o fim do Paleozóico, o Triásico, o Jurássico e o Cretácico), encontram 120 modelos de dinossauros e outros animais característicos das referidas épocas, alguns deles espécies únicas em Portugal e na Lourinhã.

DSC_0309999

A Travel4West partiu à aventura no novo Dino Parque Lourinhã e entrou no mundo dos dinossauros. Trata-se de um espaço que foi concebido com o objetivo de proporcionar uma verdadeira viagem de milhões de anos à descoberta de outros mundos, num projeto de elevado valor histórico, científico e de entretenimento.

IMG_20171117_075458_HDR

O Parque foi especialmente criado para proporcionar ao visitante uma experiência “Edutainment” (Educação+Entretenimento), ligando o conhecimento da evolução da Terra à diversão para toda a família.

Para além do Museu ao ar livre com a exposição dos modelos à escala real, o Parque conta com uma fascinante exposição com autoridade científica do Museu da Lourinhã, detentor de um dos patrimónios paleontológicos mais ricos de Portugal, um LiveLab onde os visitantes poderão ver como é feita a preparação de fósseis, um pavilhão de atividades para todas as idades, zona de diversão para os mais novos, áreas verdes e de lazer, zona de restauração e uma loja com produtos característicos.

Dinossauros Lourinhã

Dino Parque Lourinhã: 120 dinossauros andam à solta

O Dino Parque Lourinhã foi desenvolvido tendo por base uma característica essencial: envolver toda a família, desde os mais novos aos mais velhos. Todos vão poder desfrutar de diversas atividades ligadas à Ciência e à Paleontologia, como, entre outras, a recuperação de fósseis, escavações e pintura de dinossauros.

DSC_030111

Mas, a magia acontece sobretudo na parte ao ar livre onde será possível, ao longo dos quatro percursos, cruzar-se com as diferentes espécies e observar os mais famosos tipos de dinossauros, como o Triceratops, o Iguanodon e, claro, o mais conhecido e perigoso Tyranosaurus Rex.

Dinossauros Lourinhã

Ao longo de quatro percursos relativos a quatro diferentes épocas da História da Terra, existem cerca de 120 modelos de dinossauros e outros animais característicos das referidas épocas, alguns deles espécies únicas em Portugal e na Lourinhã, um deles é o dinossauro herbívoro saurópode Lourinhasaurus, de pescoço e cauda compridos, com 23 metros de altura e cinco toneladas de peso. O Outro é o Lourinhanosaurus, um terópode carnívoro e ao qual pertence o ninho de ovos e embriões encontrados, no concelho, em 1997.

Atividades disponíveis no Dino Parque

Para além da exposição do espólio paleontológico do Museu da Lourinhã e do Museu ao ar livre, há ainda um pavilhão destinado à realização de diversas atividades ligadas com a Ciência e com a Paleontologia. 

Dinossauros Lourinhã

Maior museu ao ar livre do país e um dos maiores parques de dinossauros da Europa

O Dino Parque Lourinhã é uma das maiores atrações da zona Oeste e também do próprio país. Todo o projeto do Dino parque assenta num programa de parceria e cooperação entre as três entidades envolvidas. O PDL, que é o promotor do projeto e investidor de 3,5 milhões de euros, a Câmara Municipal da Lourinhã, detentora do terreno onde está construído o Parque e o Museu da Lourinhã, detentor de um importante espólio de fósseis e reconhecido cientificamente.

Foto 3