Arquipélago das Berlengas: a pérola do Oeste

IMG_1348

O bom tempo já chegou e estão reunidas todas as condições para passar um ou mais dias no Arquipélago das Berlengas. Junte a família e/ou os amigos e rume até esta ilha magnífica que está situada na zona Oeste, mais propriamente a cerca de 6 milhas do Cabo Carvoeiro em Peniche.

Para ir até à ilha basta apanhar um dos barcos que realizam viagens turísticas até às Berlengas. Existem várias opções: barcos mais rápidos, cuja adrenalina é fantástica e barcos maiores que dão mais segurança para aqueles que não gostam de grandes agitações marítimas.

Depois de entrar no barco, bastam cerca de 30 minutos (média) para chegar até ao Arquipélago das Berlengas que é composto por três pequenas ilhas: Berlenga grande, Estelas e Farilhões.

IMG_1350

A Ilha da Berlenga ou Berlenga Grande divide-se em duas partes, quase totalmente separadas por uma falha sísmica que a norte deu origem ao chamado Carreiro dos Cações e a sul ao Carreiro do Mosteiro. A parte maior da ilha, chama-se Berlenga e representa mais de 2/3 da superfície total da ilha; a parte menor chama-se Ilha Velha. Possui 78,8 hectares de superfície, aproximadamente 1,5 km de comprimento, 0,8 km de largura e uma altura máxima de 85 metros. Aqui encontra-se o Farol Duque  de Bragança, o Forte de São João Baptista das Berlengas, a Praia do Carreiro do Mosteiro, restaurantes e parque de campismo.

Durante a sua estadia poderá realizar pequenos passeios de barco à volta da ilha. Através dos mesmos terá oportunidade para apreciar e deliciar-se com as grutas, com a paisagem, com a natureza e com a fauna e flora, para além das diversas espécies raras existentes.

IMG_1347

Mas, caso prefira, poderá partir à descoberta e realizar passeios pedestres pela própria ilha. Percorrerá cantos e recantos magníficos ao ponto de descobrir a verdadeira pérola do Oeste.

Antes de descansar um pouco na pequena praia do Arquipélago das Berlengas poderá ainda tomar uma bela refeição no restaurante existente na ilha ou se preferir também valerá a pena realizar caça submarina ou mergulho para descobrir as fabulosas profundezas das Berlengas.

De dezembro a março, a Ilha da Berlenga, considerada Reserva Mundial da Biosfera da UNESCO desde 30 de Junho de 2011, é apenas habitada pelos faroleiros e pelos vigilantes do ICNB.

IMG_1349

Aproveite para conhecer esta verdadeira pérola. A dica fica dada pela Travel4West!

Peniche: terra de pescadores

IMG_1140

A primavera já chegou e o verão está a aproximar-se a passos largos. Muitos são os portugueses e os estrangeiros que rumam até Peniche para descansar e desfrutar das enormes mais-valias que a cidade possui.

Muitas pessoas buscam boas praias, boa gastronomia, boas ondas e, acima de tudo, bom ambiente.

Nos últimos tempos, Peniche tem “andado nas bocas do mundo” pela qualidade das suas ondas para a prática de surf. Basta para isso dizer que nos últimos anos, a cidade tem acolhido uma das etapas do Campeonato Mundial de Surf (WSL), onde a elite do surf mundial tem apresentado o que melhor sabe fazer: surfar ao mais alto nível.

IMG_1136

No entanto, é de salientar e relembrar que Peniche é e sempre foi uma cidade de tradições sustentadas no mar e na pesca.

É conhecida como terra de pescadores. Diariamente, muitos são os barcos que deixam o porto de Peniche e rumam para a faina.

IMG_1142

Muitos são os pescadores que deixam as suas famílias e “entram” no mar para ir em busca de peixe que posteriormente é vendido um pouco por todo o país e estrangeiro. Eles são os verdadeiros mestres.

IMG_1139

Eles são os verdadeiros conquistadores. Eles são os verdadeiros heróis nos dias de tempestade. Eles arriscam a vida para fornecer o melhor pescado aos portugueses. Eles são os pescadores de Peniche.

IMG_1141

A Travel4West, de forma simples e singela, presta assim homenagem aos pescadores de Peniche, os homens que andam no mar mas que definem algumas das grandes características da própria terra.

Grandes heróis: muito obrigada!

IMG_1137