Hugo Vau surfou uma das maiores ondas de sempre na Nazaré

5-file-5

“A Praia do Norte, na Nazaré, é especial e, por isso mesmo, esteve e estará sempre no meu coração.” As palavras são de Hugo Vau, um entusiasta da natureza, viajante intrépido e surfista apaixonado.

Hugo Vau, atualmente com 40 anos de idade, iniciou a sua relação com a Praia do Norte em 2007, desafiando, então, algumas das maiores e mais assustadoras ondas do planeta.

Conquistou a presença em duas finais dos WSL- XXL Big Wave Awards na categoria de “Maior onda do Mundo”, com ondas gigantes surfadas na Nazaré, feito histórico no surf português.

Image-5.png - cópia

Travel4West (T4W) – Com que idade começou a sua paixão pelo surf?

Hugo Vau (HV) – A minha paixão começou, antes de mais, pelo mar e, só depois, mais tarde, é que descobri o surf. Em criança, quando estava de férias com os meus pais, adorava brincar no mar. Nunca me senti intimidado porque, desde muito cedo, que pratiquei natação e, por conseguinte, adorava estar na água. Recordo-me que, na altura existiam à venda nas praias pranchas de esferovite que faziam as delícias das crianças. Eu próprio também comecei a pedir uma aos meus pais para poder passar cada vez mais tempo no mar. Num determinado ano, especificamente no Natal, os meus pais ofereceram-me uma prancha de bodyboard em vez de uma prancha de surf. Na altura, as pranchas de surf eram extremamente caras e os meus pais optaram por me comprar uma de bodyboard. Mesmo sem barbatanas, eu entrava no mar com a prancha de bodyboard e fui extremamente feliz durante cerca de cinco anos. A água sempre fez parte da minha vida porque, durante muito tempo, fui nadador profissional.

3-file4-2

T4W – A Praia do Norte, na Nazaré, é um local especial para quem gosta de surfar ondas grandes?

HV – Sem dúvida! Em 2011, integrei a equipa que fazia parte projeto do North Canyon, que tinha como grande objetivo divulgar a Nazaré ao mundo. A Praia do Norte é especial e, por isso mesmo, esteve e estará sempre no meu coração. Trata-se de um local especial com ondas fabulosas. Nos últimos três anos, as proporções aumentaram cada vez mais e, hoje em dia, a Praia do Norte atrai surfistas de todo o país e de todo o mundo.

1-2017-11-09-PHOTO-00000035 - cópia

T4W – Quantos anos esteve à espera para apanhar a maior onda de sempre na Praia do Norte?

HV – O meu desejo de apanhar uma onda gigante já durava há cerca de 10 anos, mas a dedicação a 100% apenas começou há sete. Habitualmente, estava dois meses na Praia do Norte de forma permanente. No último inverno, graças ao apoio da Mercedes e da Prio, consegui estar cinco meses e, no final, os resultados surgiram. Resumidamente, foram 10 anos de paixão e sete de dedicação à Praia do Norte.

T4W Surfou uma onda provavelmente tão grande como a do tsunami que devastou Lisboa em 1755. É caso para dizer que o perigo foi grande e evidente?

HV – Surfar ondas gigantes é considerado um desporto de extremos porque caso ocorra um pequeno erro poderá surgiu uma grave consequência. Existe de facto perigo de vida, mas para evitar que algo aconteça é necessário treinar muito e bem.

7-file-9 - cópia

T4W – Sente-se perseguido por uma avalanche quando está a surfar uma onda gigante?

HV – A sensação é precisamente a de estar a fazer snowboard com uma avalanche atrás. No entanto, é necessário chamar a atenção para o facto de que o perigo existe tanto nas ondas grandes e como nas pequenas. É preciso ter especial atenção para a forma como a onda rebenta. Mesmo nesta perspetiva, a Praia do Norte é uma enorme surpresa porque apresenta desafios contantes e, por conseguinte, os surfistas não podem nem devem facilitar.

8Image-9

T4W – Quando se encontra no topo da onda sente medo ou adrenalina?

HV – Não permito que o medo “entre” no meu corpo. Estou onde quero e a fazer o que mais gosto. Portanto, sinto gratidão e disfruto o momento ao máximo. Sinto amor pelo surf e pelo mar.

6file-7 - cópia

T4W – O surfista, Garrett MacNamara, deixou a sua marca nas ondas gigantes. Também pretende deixar a sua?

HV – Apesar de surfar há muitos anos com o Garrett MacNamara, admito que gostava – como português – de poder deixar um legado para os atletas nacionais. O Alex Botelho, por exemplo, também já se encontra a realizar um trabalho magnífico a nível mundial nas ondas grandes. Neste momento, eu e o Alex estamos juntos e formamos uma equipa com selo 100% português.

file-9

 

Pai Natal veste Travel4West. E vocês?

IMG_9945

Travel4West lança marca de roupa

A Travel4West, para além de uma comunicação direta através do seu site (www.travel4west.com) e das suas redes sociais (facebook, instagram e twitter), deu, recentemente, mais um passo em frente. Criou uma linha de roupa prática e simples (dado que é assim que as pessoas do Oeste se sentem bem) composta por t-shirts, sweats (com e sem capuz) e pólos para quem é amante da zona Oeste.

IMG_9946

O slogan é simples: és do Oeste, veste Travel4West!

Para vestir Travel4West basta escolher o modelo, o tamanho, a cor preferida e entrar em contacto connosco.

Mas, atenção, se, eventualmente, pretender personalizar a sua camisola não se preocupe porque também o fazemos. Por exemplo, se for de Peniche, pode ter a sua camisola da Travel4West com o nome da sua cidade.

IMG_9949

Sinta na pele a sua terra através da Travel4West…

O tempo “pede” uma camisola quentinha e o Natal está a chegar.

IMG_9956

A Travel4West está à sua disposição para preparar o seu presente único. Para isso basta entrar em contacto connosco. Somos rápidos e eficazes a criar e produzir o seu presente com a marca Travel4West.

Travel4West: a marca do Oeste

A Travel4West é uma marca que foi criada a pensar na zona Oeste de Portugal e em todas as suas mais-valias.

Diariamente, através de simples posts, damos-lhe a conhecer o Património, a Natureza, a Cultura, a Gastronomia e o Desporto do Oeste de Portugal.

Quem nasceu ou vive na zona Oeste possui um carisma único, dada a grande proximidade e união existente entre os 12 municípios do Oeste (Alenquer, Peniche, Caldas da Rainha, Torres Vedras, Alcobaça, Nazaré, Lourinhã, Sobral de Monte Agraço, Arruda dos Vinhos, Cadaval, Bombarral e Óbidos).

IMG_9937

Bom Natal com a Travel4West: a sua marca de eleição!

Dina Pedro, campeã mundial de kickboxing e de Muay Thai: Alenquer é a sua terra natal!

PREFERIDAWS2A4290

Apesar de ser uma mulher de bem com a vida, sociável, extrovertida e bem-disposta, Dina Pedro é uma enorme referência para o concelho de Alenquer (zona Oeste), para o país e para o mundo, dado que foi campeã mundial de kickboxing e de Muay Thai.

Há 40 anos atrás nasceu, na zona Oeste, mais propriamente, em Alenquer uma “estrela cadente” que se chama Dina Pedro. Uma menina agora mulher que fez um percurso de vida igual a todas as outras crianças e adolescentes.

PREFERIDAWS2A4359

É amiga do seu amigo, humilde e possuidora de uma determinação e garra infindável. Foi mesmo através da determinação e da garra que chegou ao topo e tornou-se numa lenda ligada ao kickboxing e ao Muay Thai.

O nome escolhido pela família, Dina Pedro, levou-a mesmo a tornar-se nesta área como a DinaMite. No fundo, o nickname perfeito para a caracterizar, dado que no ringe “explodia” de tal forma que se tornou campeã mundial de kickboxing duas vezes, em 1999 e 2001.

Dina Pedro explica que “quando não há força há força de vontade”. No fundo, é a frase que “me dava força quando o corpo estava cansado, mas a cabeça continuava a acreditar que era possível”.

PREFERIDAWS2A4367

Mas, será que é preciso ter força para praticar kickboxing? A ex-atleta e atual treinadora esclarece que “não é preciso ter força para praticar kickboxing, dado que é uma modalidade que pode ser exercida por qualquer um. É, cada vez mais, uma modalidade também muito procurada para se conseguir obter o bem-estar físico e emocional.”

Campeã mundial começou a praticar kickboxing aos 17 anos

Apesar de ter sido de uma forma inesperada, Dina Pedro admite que a modalidade acabou por tomar conta da sua vida.

Foi campeã mundial de kickboxing duas vezes. Mas, as conquistas de Dina Pedro não se ficaram por aqui, dado que em 2004 e 2005 também foi bicampeã mundial de Thai boxing.

DinaMite Team conta com 200 atletas

Através de toda a experiência conquistada ao longo dos anos foi-lhe possível criar a DinaMite Team. Dina Pedro revela que “a Dinamite Team é uma equipa de manutenção e competição. Trata-se de um projeto que tem 15 anos de existência”.

Neste momento, a academia conta já com cerca de 200 atletas. “Temos grandes campeões formados nas nossas escolas, temos vários campeões do Mundo e da Europa. Quase todos os fins de semana temos atletas a competir no estrangeiro”, salienta a treinadora.

O medo de perder nunca pode ser maior do que a vontade de ganhar…

Ao comentar a frase: “Os campeões não nascem, fazem-se!”, Dina Pedro garante que os campeões são feitos de trabalho diário, de muito esforço e dedicação. “Quem nascer com talento e não o trabalhar não serve de nada.”

PREFERIDAWS2A4299

O grande lema de vida da Dina Pedro é: “O medo de perder nunca pode ser maior do que a vontade de ganhar.” Por isso mesmo, admite que arrisca sempre muito por aquilo que quer.

“Se tiver de perder para depois ganhar não me importo. A minha vontade de ganhar é sempre maior que o medo de perder. E quando perco, a minha vontade de ganhar duplica.” 

Dina Pedro é uma mulher de garra, cujas origens estão ligadas ao concelho de Alenquer, que conquistou tudo o que havia para conquistar na sua arte.

Hoje em dia, conquista o coração dos seus alunos, muitos deles atletas de grande competição, que “lutam” para levar o nome de Portugal ao mais alto nível e, ao mesmo tempo, orgulham-se de ter como treinadora uma lenda, Dina Pedro!

PREFERIDAWS2A4243

Agradecimento: Dina Pedro e Bruno Félix (Fotografias)

World Surf Toon (WST): surfistas caricaturados por Dear Edgar

IMG_9634

Dear Edgar é um surfista apaixonado que vive e trabalha em Viana do Castelo, norte de Portugal. É designer gráfico e tem alguns dos seus trabalhos publicados em jornais e revistas nacionais.

IMG_9639

Colabora com diversas entidades públicas e privadas. É também colaborador do Surf Clube de Viana sendo responsável pela sua identidade visual.

IMG_9631

Os desenhos das caricaturas dos surfistas profissionais começaram em 1999 tendo publicado na revista SurfPortugal.

Recentemente, com o aparecimento das redes sociais, retomou o projeto para publicar os desenhos numa conta da rede social Instagram.

O feedback dos surfistas foi bastante motivador e inspirou-o na criação da “World Surf Toon”, repositório de caricaturas com os profissionais da WSL.

IMG_9628

Há cerca de três anos, através de um convite do ex-presidente da Câmara Municipal de Peniche, António José Correia, surgiu a oportunidade de iniciar uma parceria com a Capital da Onda promovendo este ano a sua primeira exposição dedicada exclusivamente ao surf.

IMG_9617

Estas caricaturas nascem acima de tudo de rascunhos que faz no seu diário gráfico e que são finalizadas “à posteriori” com recurso ao digital.

IMG_9644

 

A colecção que Dear Edgar apresenta no Hotel Soleil Peniche, até ao dia 5 de novembro, é o resultado de, aproximadamente, três anos de trabalho.

IMG_9645

Brevemente será também publicado um livro com estas caricaturas.

O seu verdadeiro nome é Edgar Afonso e é licenciado em Design de Comunicação. Também é Mestre em Design Gráfico e Projetos Editoriais.

IMG_9646

“Surfers”: exposição de pintura by Wilson Alexandre

IMG_9468

Está patente, no Hotel MH, em Peniche, e no Bukubaki Eco Surf Resort, nos Casais de Mestre Mendo, entre os dias 19 de outubro e 5 de novembro, uma exposição de pintura, da autoria de Wilson Alexandre, subordinada ao tema “Surfers”.

IMG_9459

Wilson Alexandre é um artista brasileiro, nascido e criado no Rio de Janeiro, no Brasil, onde morou e trabalhou até se mudar para Peniche em junho de 2016.

Para além de ser um artista autodidacta é surfista e nutre uma enorme paixão pelo mar, pela natureza e pelas cores vibrantes. Por isso mesmo, estas mesmas cores habitualmente estão contempladas nos seus trabalhos artísticos.

IMG_9460

Wilson tem dedicado praticamente toda a sua vida à arte e tem trabalhado em projetos em vários países.

Habitualmente, os seus trabalhos envolvem tipicamente pinturas com tinta acrílica aplicada por espátulas, e também gosta de pintar com o aerógrafo e spray, encontrando mais liberdade de movimentos como reflexo do movimento das ondas do mar.

IMG_9456

O artista também cria objetos funcionais e estruturas artísticas de materiais recicláveis ou de materiais que encontra.

Aproveite a realização do Campeonato do Mundo de Surf, que está a decorrer em Peniche, para ver a exposição de pintura “Surfers” e, ao mesmo tempo, conhecer os trabalhos do artista e surfista Wilson Alexandre.

IMG_9458

Nazaré: um concelho com vida e com futuro!

IMG_1482

A Nazaré, vila de pescadores, fascina pela forma de receber, pelo casario branco, pelo traje tradicional, reflexo de aspetos culturais locais, e pela sua paisagem marítima inigualável.

A Nazaré mantém-se como um dos destinos turísticos preferidos de portugueses e estrangeiros, e como um dos locais mais fotografados do país. Acompanhou o tempo, modernizando-se, mas manteve muitas das suas tradições.

Peixe seco: uma tradição inigualável

A tradição de secar o pescado em excesso na Nazaré é antiga e terá surgido com a necessidade de conservar o peixe para os dias de escassez.

IMG_8515

A atividade realiza-se diariamente por um grupo de peixeiras a Nazaré, no estendal, localizado na praia, ao sul. Tradicionalmente, assegurava o sustento das famílias quando o peixe escasseava, mas também permitia conservá-lo para ser vendido nos mercados da região, o que ainda hoje acontece.

Sítio da Nazaré: história e natureza deslumbrante

O interesse histórico-religioso e a beleza natural do Sítio da Nazaré são absolutamente divinais. Este local, munido de uma beleza incomparável, constitui um dos pontos mais atrativos da vila piscatória, dado que proporciona uma perspetiva inesquecível da costa atlântica.

IMG_8513

Para usufruir desta maravilha basta efetuar uma pequena viagem de carro até ao local ou então através de uma subida realizada através do centenário ascensor. Este é um local muito visitado por peregrinos, pelo Santuário Mariano de N. S. Nazaré, mas também pela Praia do Norte, famosa pelas suas ondas gigantes, e onde se localiza o Forte de S. Miguel Arcanjo, do século XVII, onde está instalado o farol.

Garrett MacNamara e Nazaré: a união perfeita

 Durante os últimos anos ocorreu uma mudança de paradigma na Nazaré. A tradicional vila piscatória passou a estar “nas bocas do mundo” devido ao facto de Garrett McNamara ter surfado, no dia 1 de novembro de 2011, a maior onda surfada, com 23,77m.

IMG_1429

Este feito foi tido como histórico e, por conseguinte, a Nazaré entrou para o Livro do Guinness, passando a deter o recorde do mundo da maior onda surfada. Desde estão, a Praia do Norte tem sido alvo de grandes rumarias.

IMG_1480

Hoje, a Praia do Norte é reconhecida por todos como um dos principais palcos de desportos aquáticos à escala planetária, dado que se encontra sob a influência do fenómeno do “Canhão da Nazaré”.

IMG_8510

O “Canhão da Nazaré” resulta de um acidente geomorfológico raro, o maior da Europa e um dos maiores do mundo. Trata-se de um verdadeiro playround para os amantes dos desportos de ondas.

IMG_1478