Hugo Vau surfou uma das maiores ondas de sempre na Nazaré

5-file-5

“A Praia do Norte, na Nazaré, é especial e, por isso mesmo, esteve e estará sempre no meu coração.” As palavras são de Hugo Vau, um entusiasta da natureza, viajante intrépido e surfista apaixonado.

Hugo Vau, atualmente com 40 anos de idade, iniciou a sua relação com a Praia do Norte em 2007, desafiando, então, algumas das maiores e mais assustadoras ondas do planeta.

Conquistou a presença em duas finais dos WSL- XXL Big Wave Awards na categoria de “Maior onda do Mundo”, com ondas gigantes surfadas na Nazaré, feito histórico no surf português.

Image-5.png - cópia

Travel4West (T4W) – Com que idade começou a sua paixão pelo surf?

Hugo Vau (HV) – A minha paixão começou, antes de mais, pelo mar e, só depois, mais tarde, é que descobri o surf. Em criança, quando estava de férias com os meus pais, adorava brincar no mar. Nunca me senti intimidado porque, desde muito cedo, que pratiquei natação e, por conseguinte, adorava estar na água. Recordo-me que, na altura existiam à venda nas praias pranchas de esferovite que faziam as delícias das crianças. Eu próprio também comecei a pedir uma aos meus pais para poder passar cada vez mais tempo no mar. Num determinado ano, especificamente no Natal, os meus pais ofereceram-me uma prancha de bodyboard em vez de uma prancha de surf. Na altura, as pranchas de surf eram extremamente caras e os meus pais optaram por me comprar uma de bodyboard. Mesmo sem barbatanas, eu entrava no mar com a prancha de bodyboard e fui extremamente feliz durante cerca de cinco anos. A água sempre fez parte da minha vida porque, durante muito tempo, fui nadador profissional.

3-file4-2

T4W – A Praia do Norte, na Nazaré, é um local especial para quem gosta de surfar ondas grandes?

HV – Sem dúvida! Em 2011, integrei a equipa que fazia parte projeto do North Canyon, que tinha como grande objetivo divulgar a Nazaré ao mundo. A Praia do Norte é especial e, por isso mesmo, esteve e estará sempre no meu coração. Trata-se de um local especial com ondas fabulosas. Nos últimos três anos, as proporções aumentaram cada vez mais e, hoje em dia, a Praia do Norte atrai surfistas de todo o país e de todo o mundo.

1-2017-11-09-PHOTO-00000035 - cópia

T4W – Quantos anos esteve à espera para apanhar a maior onda de sempre na Praia do Norte?

HV – O meu desejo de apanhar uma onda gigante já durava há cerca de 10 anos, mas a dedicação a 100% apenas começou há sete. Habitualmente, estava dois meses na Praia do Norte de forma permanente. No último inverno, graças ao apoio da Mercedes e da Prio, consegui estar cinco meses e, no final, os resultados surgiram. Resumidamente, foram 10 anos de paixão e sete de dedicação à Praia do Norte.

T4W Surfou uma onda provavelmente tão grande como a do tsunami que devastou Lisboa em 1755. É caso para dizer que o perigo foi grande e evidente?

HV – Surfar ondas gigantes é considerado um desporto de extremos porque caso ocorra um pequeno erro poderá surgiu uma grave consequência. Existe de facto perigo de vida, mas para evitar que algo aconteça é necessário treinar muito e bem.

7-file-9 - cópia

T4W – Sente-se perseguido por uma avalanche quando está a surfar uma onda gigante?

HV – A sensação é precisamente a de estar a fazer snowboard com uma avalanche atrás. No entanto, é necessário chamar a atenção para o facto de que o perigo existe tanto nas ondas grandes e como nas pequenas. É preciso ter especial atenção para a forma como a onda rebenta. Mesmo nesta perspetiva, a Praia do Norte é uma enorme surpresa porque apresenta desafios contantes e, por conseguinte, os surfistas não podem nem devem facilitar.

8Image-9

T4W – Quando se encontra no topo da onda sente medo ou adrenalina?

HV – Não permito que o medo “entre” no meu corpo. Estou onde quero e a fazer o que mais gosto. Portanto, sinto gratidão e disfruto o momento ao máximo. Sinto amor pelo surf e pelo mar.

6file-7 - cópia

T4W – O surfista, Garrett MacNamara, deixou a sua marca nas ondas gigantes. Também pretende deixar a sua?

HV – Apesar de surfar há muitos anos com o Garrett MacNamara, admito que gostava – como português – de poder deixar um legado para os atletas nacionais. O Alex Botelho, por exemplo, também já se encontra a realizar um trabalho magnífico a nível mundial nas ondas grandes. Neste momento, eu e o Alex estamos juntos e formamos uma equipa com selo 100% português.

file-9

 

2018 está a chegar: Feliz Ano Novo!

Arvore Travel4West

2017 está a terminar e chegou o momento de fazer o balanço do mesmo e traçar novos objetivos para 2018.

relógio

2017 foi o ano do nascimento da Travel4West, um projeto que foi pensado e desenvolvido tendo por base as mais-valias de uma zona extremamente enriquecida do ponto de vista gastronómico, histórico e natural.

As características dos 12 concelhos que compõem a zona Oeste são únicas e extremamente valiosas a nível nacional e internacional. É caso para dizer que a zona Oeste “anda nas bocas do mundo” em diversas áreas, como é o caso, por exemplo, do surf e do vinho.

A Travel4West nasceu em julho e desde então tem percorrido um caminho pautado pela divulgação, objetividade e persistência.

Divulgação porque o grande objetivo é dar a conhecer a zona Oeste de Portugal;

Objetividade porque é preciso ser concreto e evidente sobre a revelação das mais-valias existentes;

Persistência porque este é um projeto pensado com carinho a uma zona fantástica e que não pode nem de ser esquecida. É preciso “lutar” pela maior divulgação hoje e sempre.

A Travel4West está ao seu dispor através do site www.travel4west.com, do facebook www.facebook.com/Travel4West, do Instragram @travel4West e do Twitter @Travel4West.

Em apenas seis meses, o site da Travel4West já foi visitado por cerca de 6.000 internautas. Neste momento, a página de facebook da Travel4West conta com 1.400 seguidores. No Instagram, a Travel4West também está a crescer e conta já com centena e meia de seguidores. No Twitter, a Travel4West também já está ligada ao mundo.

Os números são interessantes, mas as novidades continuaram a existir: em outubro foi lançada uma linha de roupa sportswear da Travel4West. Quem vive no Oeste ou gosta de passar férias no Oeste pode vestir Travel4West…vale a pena sentir na pele o Oeste!

brinde

O ano de 2017 termina com uma excelente notícia: é oficial, a Travel4West, neste momento, já está registada como marca nacional.

Para 2018, fica a promessa de continuação do trabalho efetuado até ao momento e estão a ser preparadas grandes surpresas que iremos revelar dentro em breve.

O Oeste com a Travel4West faz parte do mundo.

A todos os seguidores da Travel4West, o nosso muito obrigada!

Feliz Ano Novo a todos!

Até 2018….

festa

 

Pai Natal veste Travel4West. E vocês?

IMG_9945

Travel4West lança marca de roupa

A Travel4West, para além de uma comunicação direta através do seu site (www.travel4west.com) e das suas redes sociais (facebook, instagram e twitter), deu, recentemente, mais um passo em frente. Criou uma linha de roupa prática e simples (dado que é assim que as pessoas do Oeste se sentem bem) composta por t-shirts, sweats (com e sem capuz) e pólos para quem é amante da zona Oeste.

IMG_9946

O slogan é simples: és do Oeste, veste Travel4West!

Para vestir Travel4West basta escolher o modelo, o tamanho, a cor preferida e entrar em contacto connosco.

Mas, atenção, se, eventualmente, pretender personalizar a sua camisola não se preocupe porque também o fazemos. Por exemplo, se for de Peniche, pode ter a sua camisola da Travel4West com o nome da sua cidade.

IMG_9949

Sinta na pele a sua terra através da Travel4West…

O tempo “pede” uma camisola quentinha e o Natal está a chegar.

IMG_9956

A Travel4West está à sua disposição para preparar o seu presente único. Para isso basta entrar em contacto connosco. Somos rápidos e eficazes a criar e produzir o seu presente com a marca Travel4West.

Travel4West: a marca do Oeste

A Travel4West é uma marca que foi criada a pensar na zona Oeste de Portugal e em todas as suas mais-valias.

Diariamente, através de simples posts, damos-lhe a conhecer o Património, a Natureza, a Cultura, a Gastronomia e o Desporto do Oeste de Portugal.

Quem nasceu ou vive na zona Oeste possui um carisma único, dada a grande proximidade e união existente entre os 12 municípios do Oeste (Alenquer, Peniche, Caldas da Rainha, Torres Vedras, Alcobaça, Nazaré, Lourinhã, Sobral de Monte Agraço, Arruda dos Vinhos, Cadaval, Bombarral e Óbidos).

IMG_9937

Bom Natal com a Travel4West: a sua marca de eleição!

World Surf Toon (WST): surfistas caricaturados por Dear Edgar

IMG_9634

Dear Edgar é um surfista apaixonado que vive e trabalha em Viana do Castelo, norte de Portugal. É designer gráfico e tem alguns dos seus trabalhos publicados em jornais e revistas nacionais.

IMG_9639

Colabora com diversas entidades públicas e privadas. É também colaborador do Surf Clube de Viana sendo responsável pela sua identidade visual.

IMG_9631

Os desenhos das caricaturas dos surfistas profissionais começaram em 1999 tendo publicado na revista SurfPortugal.

Recentemente, com o aparecimento das redes sociais, retomou o projeto para publicar os desenhos numa conta da rede social Instagram.

O feedback dos surfistas foi bastante motivador e inspirou-o na criação da “World Surf Toon”, repositório de caricaturas com os profissionais da WSL.

IMG_9628

Há cerca de três anos, através de um convite do ex-presidente da Câmara Municipal de Peniche, António José Correia, surgiu a oportunidade de iniciar uma parceria com a Capital da Onda promovendo este ano a sua primeira exposição dedicada exclusivamente ao surf.

IMG_9617

Estas caricaturas nascem acima de tudo de rascunhos que faz no seu diário gráfico e que são finalizadas “à posteriori” com recurso ao digital.

IMG_9644

 

A colecção que Dear Edgar apresenta no Hotel Soleil Peniche, até ao dia 5 de novembro, é o resultado de, aproximadamente, três anos de trabalho.

IMG_9645

Brevemente será também publicado um livro com estas caricaturas.

O seu verdadeiro nome é Edgar Afonso e é licenciado em Design de Comunicação. Também é Mestre em Design Gráfico e Projetos Editoriais.

IMG_9646

Sentindo Peniche by Tamara

 

IMG_9655

No âmbito do Campeonato do Mundo de Surf que está a decorrer na Praia dos Supertubos, em Peniche, entre os dias 20 e 31 de outubro, poderá visitar a exposição  de pintura “Sentindo Peniche” da autoria de Tamara.

IMG_9677

As obras da artista podem ser vistas e apreciadas no Hotel MH Atlântico, na Praia da Consolação.

IMG_9674

A vinda de Tamara das montanhas suíças para Peniche foi como um salto para o desconhecido. No entanto, Tamara já sentia que Peniche como sendo a sua casa… no fundo, foi como um salto na água do Oceano!

IMG_9672

Com nove anos, Tamara teve a oportunidade de conhecer Ettore Maiotti que a ensinou a utilizar as técnicas de pintura com aquarela.

IMG_9671

Habitualmente, Tamara encontra a sua inspiração para as pinturas dentro e perto da água.

IMG_9664

Normalmente, inspira-se quando está a surfar ou simplesmente quando se encontra a passear a ouvir o forte ritmo do Oceano.

IMG_9660

Para Tamara, estar em Peniche é de alguma forma mágico. “Para mim é como sentir um alívio, é como ouvir sons de serenidade quando você se sente em sintonia com um ritmo poderoso.”

IMG_9661

E acrescenta: “A paixão que sinto pelo Oceano e por Peniche está refetida em todas as minhas pinturas e está cada vez mais forte. Gosto muito de viver na Capital da Onda.”

IMG_9658

IMG_9675

“Surfers”: exposição de pintura by Wilson Alexandre

IMG_9468

Está patente, no Hotel MH, em Peniche, e no Bukubaki Eco Surf Resort, nos Casais de Mestre Mendo, entre os dias 19 de outubro e 5 de novembro, uma exposição de pintura, da autoria de Wilson Alexandre, subordinada ao tema “Surfers”.

IMG_9459

Wilson Alexandre é um artista brasileiro, nascido e criado no Rio de Janeiro, no Brasil, onde morou e trabalhou até se mudar para Peniche em junho de 2016.

Para além de ser um artista autodidacta é surfista e nutre uma enorme paixão pelo mar, pela natureza e pelas cores vibrantes. Por isso mesmo, estas mesmas cores habitualmente estão contempladas nos seus trabalhos artísticos.

IMG_9460

Wilson tem dedicado praticamente toda a sua vida à arte e tem trabalhado em projetos em vários países.

Habitualmente, os seus trabalhos envolvem tipicamente pinturas com tinta acrílica aplicada por espátulas, e também gosta de pintar com o aerógrafo e spray, encontrando mais liberdade de movimentos como reflexo do movimento das ondas do mar.

IMG_9456

O artista também cria objetos funcionais e estruturas artísticas de materiais recicláveis ou de materiais que encontra.

Aproveite a realização do Campeonato do Mundo de Surf, que está a decorrer em Peniche, para ver a exposição de pintura “Surfers” e, ao mesmo tempo, conhecer os trabalhos do artista e surfista Wilson Alexandre.

IMG_9458

Lagoa de Óbidos – Covão dos Musaranhos

5IMG_9343

Procura um local tranquilo para descansar em conjunto com a sua família ou amigos? A Travel4West dá-lhe a conhecer o Covão dos Musaranhos, situado no Braço do Bom Sucesso da Lagoa de Óbidos.

2IMG_9328

Trata-se de um local magnífico dadas todas as suas características naturais. Por exemplo, a calmaria das águas da Lagoa de Óbidos é fabulosa chegando mesmo a convidar os seus visitantes para a prática de alguns desportos náuticos, como é o caso do windsurf e da canoagem.

1IMG_9326

É também o local certo para realizar pequenas caminhadas a pé ou passeios de bicicleta pelos trilhos existentes nas margens da Lagoa.

3IMG_9332

A paisagem é fabulosa e toda a sua envolvência é absolutamente divinal.

As árvores, existentes no Parque de Merendas do Covão dos Musaranhos, proporcionam sombras excelentes para a realização de piqueniques em família ou entre amigos. Mas, se preferir também pode degustar de uma refeição no bar “Covão dos Musaranhos”.

6IMG_9346

Para além da fauna e flora, é de salientar o deslumbrante o pôr-do-sol do Covão dos Musaranhos.

Vale a pena conhecer! O Covão dos Musaranhos existe e está situado na zona Oeste, junto a Óbidos, apenas a 60 minutos de Lisboa.

4IMG_9336